Jardim Informa

Risco de covid-19 grave é até 6 vezes maior em pacientes com Alzheimer

26/09 às 19h01 por Agência Brasil *
Saúde

Pesquisadores brasileiros identificaram que o Alzheimer é um fator de risco para quem contrai a covid-19, independentemente da idade. O estudo foi publicado na revista Alzheimer’s & Dementia, periódico da associação que pesquisa a doença e que tem sede em Chicago (EUA). Foram usados dados do sistema de saúde britânico, reunindo informações de 12.863 pessoas maiores de 65 anos.

O trabalho mostrou que quando um paciente era internado e já tinha Alzheimer, o risco de desenvolver um quadro mais grave por conta do vírus da covid-19, o Sars-CoV-2, foi três vezes maior na comparação com quem não tinha a doença. No caso de pacientes com mais de 80 anos, o risco é seis vezes maior. A doença não aumentou o risco de internações ao ser comparado com outras comorbidades.

“Os pacientes internados infectados por covid-19, se tiverem um quadro de Alzheimer, é um fator significativamente agravante de internação”, aponta Sérgio Verjovski, doutor em biofísica e liderança científica do Laboratório de Parasitologia do Instituto Butantan. O estudo também envolveu pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Os dados dos participantes foram divididos em três grupos: 66 a 74 anos (6.182 pessoas), 75 a 79 anos (4.867 pessoas) e acima de 80 anos (1.814 pessoas). Dessa amostragem inicial, 1.167 pessoas estavam com covid-19. Verjovski explica que o banco inglês foi usado por ter o histórico de mais de 10 anos dos pacientes, além disso possui o sequenciamento genômico da maior parte dos indivíduos.

Atenção rápida

O pesquisador destaca que essa descoberta revela a importância de uma atenção rápida a esses pacientes, considerando as chances de agravamento. “Tudo isso aponta para o fato de que esses pacientes necessitam de uma intervenção mais imediata. Pacientes com 65 a 70 anos tinham risco aumentado em quase quatro vezes de terem complicações e irem a óbito”, exemplificou.

Algumas hipóteses podem explicar essa relação e Verjovski destaca que estudos ainda estão sendo feitos. Contudo, um dos mecanismos possíveis é que quando o SARS-CoV-2 infecta o organismo, o corpo responde com um processo inflamatório para combater o vírus.

“Sabe-se que Alzheimer envolve inflamação de vasos do cérebro e é uma possibilidade que essa inflamação diminua a barreira hematoencefálica, que é uma barreira que permite que o cérebro receba nutrientes, receba a circulação, mas não deixa passar fatores de infecção. No caso da inflamação, que leva à degeneração pelo Alzheimer, pode estar diminuindo essa barreira hematoencefálica e aumentando a chance da infecção pelo vírus”, explica.

Fatores genéticos

Verjovski disse que o grupo busca agora relações entre os fatores genéticos de propensão da doença de Alzheimer e o agravamento da covid-19. “A gente agora está tentando associar os dados clínicos com os dados de variantes genéticas envolvidas com Alzheimer para ver se aponta, entre os genes causadores Alzheimer, algum que aumenta também nitidamente a gravidade da covid e que pode apontar para um mecanismo genético.”

Originalmente, o laboratório liderado por Verjovski pesquisa genes de câncer. Com a pandemia, no entanto, o trabalho foi reorientado. “Temos um financiamento para pesquisa que nos permitiu usar esses bancos. Temos pessoal capacitado em fazer as análises, equipamentos e, embora o nosso trabalho não seja voltado para Alzheimer, nem pra covid-19, a gente se associou ao Sérgio Ferreira [doutor em biofísica e professor da UFRJ] e usou nosso knowhow de análise de genética em larga escala”.

Mais Notícias

    Mato Grosso do Sul
  1. Festival da Literatura Indígena terá palestras, oficinas e músicaPublicado em 17/10 às 06h01
  2. Mato Grosso do Sul
  3. Com prêmios de até R$ 8 mil, Festival Universitário da Canção revela novos talentos da música de MSPublicado em 17/10 às 05h22
  4. Mato Grosso do Sul
  5. Som da Concha deste domingo terá o Soul e Jazz de Otávio e o sertanejo de Rodrigo NogueiraPublicado em 17/10 às 05h12
  6. Mato Grosso do Sul
  7. Turismo de Bonito tem o melhor setembro dos últimos 7 anosPublicado em 17/10 às 05h12
  8. Mato Grosso do Sul
  9. Subs Racial finaliza a entrega de 5.600 cestas de alimentos para as comunidades quilombolasPublicado em 17/10 às 05h12
  10. Mato Grosso do Sul
  11. Domingo terá variação de sol e pancadas de chuva Mato Grosso do SulPublicado em 17/10 às 05h02
  12. Esportes
  13. Brasileiro: Bahia empata com Chapecoense e deixa Z4Publicado em 16/10 às 22h32
  14. Esportes
  15. Olimpíada: COB prevê uma melhor campanha em Paris do que em TóquioPublicado em 16/10 às 21h51
  16. Esportes
  17. Fortaleza supera Chapecoense na Arena CondáPublicado em 16/10 às 21h31
  18. Esportes
  19. Campinense vence América-RN nos pênaltis e alcança semifinalPublicado em 16/10 às 19h11
  20. Saúde
  21. Pesquisadores desenvolvem teste de covid-19 pela saliva e usando luzPublicado em 16/10 às 19h02
  22. Saúde
  23. Brasil registra 11,25 mil casos de covid-19 e 483 mortes, em 24 horasPublicado em 16/10 às 18h52
  24. Saúde
  25. População estará imunizada contra covid até o fim do ano, diz ministroPublicado em 16/10 às 18h11
  26. Esportes
  27. Série B: Vasco vence líder Coritiba em São JanuárioPublicado em 16/10 às 17h51
  28. Geral
  29. Barco-hotel naufraga no Pantanal e deixa pelo menos seis mortosPublicado em 16/10 às 17h02
  30. Internacional
  31. Nasa lança sonda para estudar asteróides “troianos” em JúpiterPublicado em 16/10 às 17h02
  32. Esportes
  33. Aparecidense é o primeiro semifinalista da Série DPublicado em 16/10 às 16h33
  34. Economia
  35. Empresas de beleza esperam receita de US$ 30 milhões no mercado árabePublicado em 16/10 às 16h33
  36. Economia
  37. Créditos de Nota Fiscal Paulista vão expirar à meia noite de hojePublicado em 16/10 às 16h02
  38. Esportes
  39. Com 3 de Firmino e golaço de Salah, Liverpool goleia WatfordPublicado em 16/10 às 15h42

Mais lidas