Jardim Informa

MPF vai apurar acidente que destruiu dois casarões de Ouro Preto

13/01 às 16h32 por Agência Brasil *
Geral

Poucas horas após parte do Morro da Forca vir abaixo e destruir duas construções no centro de Ouro Preto (MG), o Ministério Público Federal (MPF) instaurou um procedimento administrativo para apurar as circunstâncias da ocorrência.

Em nota, o MPF justificou a iniciativa citando os “evidentes danos ao patrimônio cultural”, já que parte do conjunto arquitetônico municipal é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e está inscrito na Lista do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

“O MPF vai apurar as circunstâncias em que o fato se deu e pedir esclarecimentos aos órgãos envolvidos na tutela dos referidos bens quanto ao motivo do incidente, dimensão dos danos e seus efeitos”, informou o MPF, em nota.

O MPF quer que a prefeitura informe se há, em Ouro Preto, outros imóveis em risco iminente de serem atingidos por novos deslizamentos ou desmoronamentos e que providências o município está adotando para impedir que isso ocorra. Já do Iphan, os procuradores esperam receber um parecer sobre a extensão do dano cultural causado pelo acidente desta quinta-feira, bem como uma relação das construções históricas em situação de risco na cidade e quais medidas já foram adotadas para proteger o conjunto arquitetônico local.

Uma das construções destruídas esta manhã foi um casarão do século 19, o Solar Baeta Neves. Segundo o Iphan, o imóvel integrava o Conjunto Arquitetônico e Urbanístico de Ouro Preto, mas estava interditado desde 2012, quando foi atingido por um deslizamento de terra que comprometeu parte da edificação. Ainda de acordo com a autarquia federal, a Defesa Civil já vinha monitorando a área desde o fim do ano passado, por conta do risco das fortes chuvas que atingem Minas Gerais causarem um acidente como o desta manhã.

Apesar do prejuízo histórico e cultural, o deslizamento não feriu nenhuma pessoa. Conforme o barbeiro Fábio Rogério Alves contou à Agência Brasil, o trânsito de veículos e de pessoas próximo à área atingida tinha sido interrompido pouco antes de parte do talude cair sobre as construções. Alves foi uma das primeiras pessoas a perceber que parte do Morro da Forca viria abaixo e, junto com outras duas pessoas, incluindo uma funcionária da prefeitura, alertou quem passava pelo local.

“Antes mesmo dos bombeiros chegarem, pouco antes da queda do morro, já tínhamos isolado a passagem de veículos e de pedestres. Como o terminal [de integração localizado a cerca de 300 metros] ainda não estava funcionando, não havia muita gente circulando naquela hora”, disse Alves. 

Segundo ele, os dois casarões atingidos estavam embargados e lacrados há vários anos e não costumavam ser acessados por ninguém. Dono de uma barbearia de onde se vê o local do deslizamento, Alves disse que já havia testemunhado ao menos um acidente parecido, no mesmo lugar, em 2011. “O terreno ali é bastante instável”.

Mais Notícias

    Mato Grosso do Sul
  1. Polícia Civil : SAD e Sejusp divulgam novos editais do concursoPublicado em 21/01 às 17h12
  2. Mato Grosso do Sul
  3. Processo Seletivo SED: Divulgado Edital preliminar de validação das inscrições dos candidatos interessados em atuar na Educação EspecialPublicado em 21/01 às 17h12
  4. Mato Grosso do Sul
  5. AGEMS inicia 2022 com fiscalizações intensas contra o transporte clandestinoPublicado em 21/01 às 16h52
  6. Mato Grosso do Sul
  7. SED e IFMS realizam emissão de certificados e declaração de proficiência do ENCCEJA_2020Publicado em 21/01 às 16h52
  8. Policial
  9. Polícia Civil prende acusado de feminicídio em Sete QuedasPublicado em 21/01 às 16h42
  10. Geral
  11. Presidente Jair Bolsonaro chega a Eldorado para velório da mãePublicado em 21/01 às 16h12
  12. Internacional
  13. OMS destaca a produção de antivirais genéricos contra a covid-19Publicado em 21/01 às 16h12
  14. Economia
  15. Dívidas do Simples poderão ser pagas ou renegociadas até 31 de marçoPublicado em 21/01 às 16h01
  16. Economia
  17. Emissões de debêntures incentivadas batem recorde em 2021Publicado em 21/01 às 15h52
  18. Economia
  19. BC comunica vazamento de dados de 160,1 mil chaves PixPublicado em 21/01 às 15h41
  20. Economia
  21. Desempenho do varejo deve ser negativo no 1º trimestre, diz IbevarPublicado em 21/01 às 15h31
  22. Policial
  23. Polícia Militar Ambiental de Campo Grande captura tatu-galinha em residência na vila Santa LuziaPublicado em 21/01 às 15h22
  24. Mato Grosso do Sul
  25. Para integrar grupo de elite da Agepen, policiais penais se formam em curso de Intervenção PrisionalPublicado em 21/01 às 15h02
  26. Geral
  27. Bolsonaro chega a Eldorado para velório da mãePublicado em 21/01 às 15h02
  28. Economia
  29. SP: capital tem recorde de 74% das famílias endividadas em 2021Publicado em 21/01 às 14h52
  30. Policial
  31. Polícia Civil deflagra Operação e prende três pessoas em MirandaPublicado em 21/01 às 14h42
  32. Mato Grosso do Sul
  33. Pagamento por serviços ambientais, criado pelo  Estado, certifica a produção rural e o turismoPublicado em 21/01 às 14h42
  34. Saúde
  35. CoronaVac é incluída no plano de vacinação para criançasPublicado em 21/01 às 14h21
  36. Mato Grosso do Sul
  37. Perdas na safra de soja 2021/2022 pode chegar a 1 milhão de toneladasPublicado em 21/01 às 14h12
  38. Geral
  39. Capital paulista tem 159 atendimentos em 24 horas devido às chuvasPublicado em 21/01 às 13h51

Mais lidas